Programa indústria solar levará energia solar para mais de 50 mil indústrias

Energia solar fotovoltaica na matriz energética pode gerar R$ 2 bi de economia para o país
Saiba tudo sobre o inversor solar

A Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC) se juntou a duas das maiores empresas do país, Engie e WEG, para o lançamento do Programa Indústria Solar, uma iniciativa inédita no Brasil. Este projeto tem o objetivo de incentivar a geração de energia solar pelas mais de 50 mil indústrias do estado, assim, estarão todos colaborando para construir um futuro mais sustentável.

Dividido em fases, o Programa Indústria Solar, em sua primeira fase está em fase de plano piloto, onde sistemas fotovoltaicos residenciais serão ofertados com condições facilitadas para os colaboradores da FIESC, Engie SESI/SC, SENAI/SC, IEL e Celesc. Estes terão acesso a financiamento com taxas de juros menores do que as praticadas no mercado. As inscrições para essa fase começa no dia 20 de novembro.

O programa já ganha destaque mesmo em fase inicial, FIESC, Engie, WEG, SESI/SC, SENAI/SC, IEL e Celesc contam com mais de 40 mil colaboradores e se destes, 10% apoiarem à iniciativa, serão quatro mil novos sistemas fotovoltaicos entrando em operação no Brasil. A Aneel – Agência Nacional de Energia Elétrica fez uma pesquisa recente onde foi registrado que nosso país possui apenas 16 mil sistemas fotovoltaicos conectados à rede elétrica.

O Programa Indústria Solar foi assinado oficialmente no dia 27 de outubro e as inscrições para adesões de micro e pequenas indústrias começam em fevereiro de 2018. Nesta próxima fase, esperada para o ano que vem, será a vez de mais colaboradores e outras empresas catarinenses participarem. Após isso, as próprias indústrias serão beneficiadas. O Programa Indústria Solar terá ainda o apoio da Celesc, BRDE e CECRED.

Programa Indústria Solar levará energia solar para mais de 50 mil indústrias
A tecnologia funciona através de um sistema fotovoltaico que gera energia elétrica por meio da radiação solar. Normalmente o sistema é instalado nos telhados, pois assim fica melhor para captar os raios solares. Este sistema é a tecnologia mais disseminada no planeta para a microgeração distribuída de energia limpa e renovável.

O Brasil começa a explorar cada vez mais a utilização da energia solar, e o crescimento tem sido constante. A energia solar é uma das melhores opções para um futuro melhor, pois reduz as emissões de gases do efeito estufa. Todos os envolvidos neste programa estão conscientes da importância de incentivar a geração fotovoltaica.

As empresas e residências que fazem uso desses sistemas produzem a própria energia que consomem e qualquer excedente é jogado na rede elétrica se transformando em créditos junto à Distribuidora. Esses créditos tem validade de cinco anos e são utilizados nos momentos em que o local estiver consumindo mais energia do que gerando, por exemplo, no período da noite ou em dias de chuva.

Para se manter informado sobre esse programa continue acompanhando o nosso blog. Nós, da EF Solar, contamos com os serviços de com energia solar fotovoltaica, gerador de energia solar, captação de energia solar e painel solar. Fale com EF Solar e solicite um orçamento grátis ou simule o custo.